Mundo

Com impasse em cessar-fogo com Israel, Hamas deixa o Egito

Apesar da saída do Egito, grupo extremista Hamas vai voltar para as negociações de cessar-fogo na semana que vem

Fonte: Metropolis

Autoridades do Egito afirmaram que as negociações para um cessar-fogo na Faixa de Gaza atingiram um impasse. O grupo extremista Hamas tenta chegar a um acordo que culmine no fim da guerra contra Israel, mas as exigências não teriam sido aceitas.

Segundo o canal de televisão egípcio Al-Qahera News, uma delegação do Hamas deixou o Cairo durante as negociações. Entretanto, há a promessa de que as conversações recomecem na semana que vem.

A agência de notícias Associated Press informou que o grupo extremista concordou com os principais termos para uma primeira fase de cessar-fogo. Mas pediu mais compromissos para que a trégua se torne permanente.

As exigências do Hamas

Há dois pontos exigidos pelo Hamas. Um deles diz que os reféns restantes só serão liberados após a saída total de Israel do território palestino. O outro exige que os prisioneiros palestinos, inclusive líderes terroristas que cumprem prisão perpétua, sejam soltos, também em troca dos reféns israelenses.

Sami Abu Zuhri, alto funcionário do Hamas, afirmou que Israel “frustrou” todas as tentativas dos mediadores para chegar a um acordo. Em entrevista à agência de notícias Reuters, ele disse que o governo judeu diz não a todos os pedidos palestinos. Isso incluiria a entrada de ajuda humanitária e o retorno das pessoas deslocadas a suas casas.

Portal Regiao Oeste

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário