Mundo

Trump e Biden garantem votos para disputar revanche nos EUA

CRÉDITO, GETTY IMAGES

Trump e Biden provavelmente vão se enfrentar novamente neste ano

Fonte: BBC News Brasil

O presidente dos EUA, Joe Biden, e seu antecessor, Donald Trump, alcançaram o número mínimo de delegados necessários para garantir as indicações dos respectivos partidos para concorrer às eleições de novembro.

O feito foi conquistado na terça-feira (13/03), quando quatro estados, um território americano e democratas que vivem no exterior realizaram eleições primárias.

Isso significa que os eleitores americanos vão testemunhar uma revanche das eleições presidenciais de 2020 daqui a oito meses.

A escolha dos candidatos a presidente será oficializada nas convenções dos partidos em julho (republicano) e agosto (democrata).

Biden, de 81 anos, disse na noite de terça-feira (12/3) que se sentia “honrado” por os eleitores terem apoiado sua candidatura à reeleição “num momento em que a ameaça que Trump representa é maior do que nunca”.