Saúde

Osasco soma 600 casos de dengue

Mosquito eats blood on human skin. The concept of blood-sucking insects common in spring and summer. Macro photo.

Há também 1,6 mil suspeitas da doença. Vila Ayrosa, Vila dos Remédios, Baronesa e Conceição lideram os registros

Osasco soma, este ano, 600 casos confirmados e outras 1,6 mil notificações de suspeitas de dengue. Os bairros da Vila Ayrosa, Vila dos Remédios, Jardim Baronesa e Jardim Conceição lideram os registros.

Os números são da Secretaria Municipal da Saúde e foram apresentados durante audiência pública de prestação de contas realizada na quarta-feira, 28 de fevereiro, na Câmara Municipal.

Ainda de acordo com a pasta, foram feitas este ano 92 mil visitas a residências e 3,2 mil ações de nebulização como forma de prevenção e combate à doença. Já em 2023 foram 647 mil visitas a casa a casa e 38 mil nebulizações.

Já o Estado de São Paulo registra 23 mortes por dengue e outros 119 óbitos em investigação além de 110.636 casos confirmados da doença até 29 de fevereiro, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde. O número de casos é mais que o dobro do registrado no mesmo período de 2023, quando foram 45 mil contabilizações.

Portal Regiao Oeste

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário