Brasil

Mulheres são maioria dos candidatos no Enem dos Concursos, diz ministério

Brasília lidera a lista de cidades com maior número de candidatos; pasta divulgou dados nesta sexta-feira

Luany Galdeano – Folha/Uol

RIO DE JANEIRO

Mulheres são a maioria dos candidatos do Enem dos Concursos, segundo o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos. Elas somam 1,2 milhão (56%) e eles, 938,9 mil (44%), conforme anúncio feito nesta sexta-feira (23).

“A proporção de mulheres é maior do que de homens e hoje, no setor público, é quase o inverso disso. É interessante essa inscrição para fechar um pouco o ‘gap'”, disse a ministra Esther Dweck, em entrevista coletiva realizada em Brasília sobre o perfil dos inscritos no CNU (Concurso Nacional Unificado).

Ao todo, 420,8 mil dos candidatos (20% do total) inscreveram-se sob cotas para negros e 10,4 mil (0,4%,), para indígenas. Cerca de 45,6 mil pessoas com deficiência (2%) também se candidataram em ações afirmativas.

O certame tem cotas de 20% para candidatos negros e de 5% para pessoas com deficiência. Nas vagas da Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas), a reserva é de 30% para indígenas.

Dados totais sobre raça dos candidatos e porcentagem de pessoas com deficiência ainda estão sendo compilados, segundo Alexandre Retamal, coordenador-geral de logística do concurso. Ele diz que mais informações sobre os candidatos devem estar disponíveis em um relatório a ser publicado nas próximas semanas.

ADVERTISING

Para Retamal, a taxa de candidatos se inscrevendo em vagas com cotas mostra que a pasta atingiu a meta de ampliar a diversidade no setor.

“É um número bastante significativo. Em um concurso desse tamanho, mais de 20% solicitaram cotas, o que é mais do que suficiente para preencher as vagas. O objetivo está sendo cumprido”, afirma.

Mais de 50% dos inscritos têm renda de até três salários mínimos. A maior fatia (20,5%) é de quem recebe entre R$ 2.825 e R$ 4.236. Os grupos de candidatos com faixa de renda de R$ 1.412 a R$ 2.824 e de R$ 4.237 a R$ 7.060 representam, cada um, 20,3% do total. Pessoas com salário acima de R$ 14 mil são minoria, 6,3%.

Matéria completa: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2024/02/mulheres-sao-maioria-dos-candidatos-no-enem-dos-concursos-diz-ministerio.shtml