Osasco

Partido de Bolsonaro tira Ana Paula do jogo e anuncia apoio a Gerson Pessoa

Foto: Diculgação_Instagram

Vereadora chegou a anunciar sua pré-candidatura à prefeitura de Osasco, mas PL optou por fazer parte da coligação em torno do nome do candidato do prefeito Rogerio Lins

Não vingou a pré-candidatura da vereadora Ana Paula Rossi à Prefeitura de Osasco. Apesar da pré-campanha  já estar na rua, com  materiais de divulgação trazendo Ana Paula ao lado da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e de outros caciques do PL, o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro decidiu não ter candidatura própria na cidade. A legenda vai integrar a coligação em torno do nome do deputado estadual Gerson Pessoa, apoiado pelo prefeito Rogério Lins.

 “A eleição 2024 é muito importante para construirmos uma base forte pensando no futuro do Brasil, e essa união vai fortalecer muito o nosso projeto”, escreveu Ana Paula Rossi, em uma publicação feita no Instagram, logo após o anúncio, afirmando que a decisão também foi compartilhada com o governador Tarcísio de Freitas.

Presidente do PL Osasco e secretária-executiva do PL Mulher do Estado de São Paulo, a vereadora agora vai concorrer à reeleição em outubro.