Osasco

Paciente de 75 anos é violentada dentro do Hospital Antônio Giglio

Idosa apontou outros dois pacientes como autores do crime, ocorrido na emergência da unidade. Um deles, de 70 anos, foi detido. O segundo suspeito recebeu alta, mesmo após a denúncia da vítima

Uma paciente de 75 anos foi violentada sexualmente dentro do Hospital Municipal Antônio Giglio, onde estava internada, há 3 semanas, no setor de emergência. Outro paciente, de 70 anos, foi preso em flagrante acusado do crime. A vítima apontou ainda outro homem, também idoso e internado no local, pela violência, mas ele recebeu alta hospitalar, mesmo diante da denúncia, e está foragido.

O caso se tornou público depois que uma sobrinha da vítima fez uma publicação no Instagram em que acusa dois homens pelo estupro da idosa. A própria mulher contou aos familiares que os dois homens agiram no momento em que não havia nenhum funcionário no setor.

O prefeito Rogerio Lins fez uma publicação nas redes sociais ao lado da filha da vítima e do delegado do 5º DP de Osasco, responsável pelo caso. Sem citar o hospital onde o crine aconteceu, ele disse apenas que está acompanhando a ocorrência de perto.