Osasco

Com 2553 casos confirmados, Osasco decreta situação de emergência por epidemia de dengue

Rochdale e Veloso lideram as ocorrências e mulheres são maioria entre os doentes. Decreto permite que prefeitura receba recursos federais e estaduais para combate à doença, faça compras emergenciais de insumos e remédios e abra de leitos nos hospitais

A Prefeitura de Osasco decretou situação de emergência e alerta epidemiológico em razão da epidemia de dengue na cidade. O decreto foi publicado na Imprensa Oficial. A medida permite que a administração municipal receba mais rapidamente recursos estaduais e federais para combate à doença e adote uma série de medidas emergenciais para controle da situação, desde a compra de remédios e insumos até a abertura de leitos nas unidades de saúde.

A cidade soma 2553 casos confirmados de dengue e outros 4321 suspeitos, além de 593 em investigação. Não houve registro de óbito desde o início do ano. O decreto traz ainda um perfil das pessoas infectadas. A maior prevalência é entre mulheres, com 53%. Por  faixa etária, os casos se concentram em pessoas entre 18 e 59 anos.

Já na distribuição por bairros, Rochdale, Remédios, Ayrosa, Vila Menck e Mutinga lideram em casos na Zona Norte, enquanto o Veloso tem o maior número de registros na Zona Sul. Nesse caso, os dados são referentes aos últimos 15 dias.