Osasco

Osasco é a segunda cidade mais poluída do Brasil

Imagem: Folhapress

Com índice de poluição do ar até 5 vezes maior que o tolerado pela Organização Mundial da Saúde, município só perde para Xapuri, no Acre 

Osasco é a segunda cidade com maior índice de poluição do ar no Brasil. O município só perde para Xapuri, no Acre. É o que aponta o relatório World Air Quality de 2023, feito pela IQAir – empresa suíça de tecnologia de qualidade do ar – e que traz o ranking das cidades e países com pior qualidade de ar do mundo. 

O documento, divulgado esta semana, traz dados de 7.800 localidades em 134 países. O Brasil ocupa a 83ª colocação. O ranking leva em conta a concentração de material particulado com diâmetro de até 2,5 micrômetros (MP 2,5) por m³. Em Osasco, esse índice é de 19,4, o que excede de 3 a 5 vezes o parâmetro recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Na primeira colocada do ranking, Xapuri, é de 21. 

Além de Osasco, outras cidades paulistas com indicador da qualidade do ar entre três e cinco vezes pior do que o recomendado pela OMS são: Guarulhos, Rio Claro e Cubatão.

Ainda de acordo com o relatório, o país com pior qualidade de ar em 2023 foi Bangladesh, seguido por Paquistão e Índia. Nesses países o nível de MP 2,5 chegou a ser até dez vezes maior do que o recomendado pela OMS.