• Hoje é: segunda-feira, setembro 27, 2021

Vampeta dispara: Osasco não depende do dinheiro dos são-paulinos

Vampeta
portalregiaooeste
janeiro31/ 2017

A partida do próximo sábado entre Osasco Audax e São Paulo marca a estreia das duas equipes no Paulistão 2017 e ainda a estreia do ex-goleiro Tricolor Rogério Ceni como técnico do time. De olho na receita, já que o maior ídolo do time deve atrair um bom público à partida, que acontece na Arena Barueri, o presidente do time de Osasco, André Vampeta, não teve dúvida. Tabelou o preço mínimo do ingresso em R$ 100 para a torcida tricolor.

Vale lembrar que é o time mandante quem determina os preços das entradas. Os são-paulinos iniciaram então uma campanha, via redes sociais, de boicote à partida. Mas nem isso fez Vampeta mudar de ideia. “Eu não preciso de dinheiro do São Paulo para a folha de pagamento. Torcedor do São Paulo vai se quiser. Depois do Audax, manda a torcida do São Paulo ir a outros jogos para ver quanto estará o ingresso. É R$ 100 e R$ 100 não vai mudar. A minha história é com o Corinthians e não com o São Paulo e se eu pudesse, botaria o ingresso de graça. Eu sou Corinthians e falo por um clube, onde o dono me deu autonomia para falar com vocês”, disse, em entrevista ao Fox Sports.

Vampeta ainda falou que para a partida do Audax contra o Corinthians, no dia 18 de fevereiro, os ingressos devem ser mais baratos por conta do aniversário da cidade. “Eu estou convencendo ao dono aqui. Você sabe que o time tem dono. Estou convencendo a deixar R$ 20, porque é aniversário de Osasco. Em relação ao São Paulo é R$ 100, mas meia é R$ 50. Se o Corinthians tivesse o Marcelinho carioca ou o Tevez estreando eu não ia colocar R$ 100, ia colocar R$ 50”, comentou. Brincando, o presidente do Audax ainda fez uma aposta: “Se depois do jogo, o ingresso de São Paulo x Audax for R$ 20, eu ando de camisa rosa na avenida Paulista”, brincou.

big banner