• Hoje é: quarta-feira, julho 6, 2022

Temer se recusa a responder perguntas da PF

Brasília - O presidente interino Michel Temer dá posse ao novo ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Torquato Jardim. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
portalregiaooeste
junho11/ 2017

A defesa do presidente Michel Temer enviou uma petição ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira criticando as 82 perguntas enviadas pela Polícia Federal sobre a delação de Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, e ainda pedindo o arquivamento do inquérito queinvestiga Temer por suspeita de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa. “O questionário é um acinte à sua dignidade pessoal e ao cargo que ocupa, além de atentar contra vários dispositivos legais, bem como contra direitos individuais, inseridos no texto constitucional”, afirma a defesa.

A PF enviou o questionário ao presidente com autorização de Fachin e o prazo para respostas terminava nessa sexta-feira. “Há pergunta verdadeiramente invasivas, e portando inoportunas, que procuram simplesmente entrar na vida pessoal do Presidente, afrontando a sua intimidade, sem nenhuma conexão com as investigações”, completa a petição.

big banner