• Hoje é: sexta-feira, novembro 16, 2018

Osasco: TCE aponta irregularidades no armazenamento de remédios

UBS Pe Guerino
portalregiaooeste
julho19/ 2018

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo encontrou 19 irregularidades no armazenamento de remédios em unidades de saúde de Osasco, durante operação envolvendo 187 Agentes da Fiscalização. Na ocasião, o TCE fiscalizou farmácias de 162 municípios em todo o Estado com o objetivo foi verificar as condições de armazenamento, controle, manuseio e distribuição de medicamentos armazenados em unidades públicas de saúde.

Entre as irregularidades encontradas, remédios fora do prazo de validade, ausência de Farmacêutico Técnico, extintores de incêndio vencidos, condições de higiene inadequadas, prédios sem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e locais sem Alvará da Vigilância Sanitária.

De acordo com uma reportagem do SPTV2, da Globo, do dia 17 de julho, e de fotos divulgadas pelo TCE, em Osasco, por exemplo, na UBS Padre Guerino Riciotti, na Vila dos Remédios, foram encontrados medicamentos de uso contínuo guardados sem medidas de segurança e em contato direto com o solo em salas mofadas e com umidade, quando a orientação é armazená-los em lugares secos e arejados, colocando em risco a saúde da população. Além disso, também foram apontadas divergências na contagem dos remédios em comparação aos registros de controle. Na própria reportagem aparecem dois usuários que reclamam da constante falta de medicamentos na cidade.

A Prefeitura de Osasco disse que não existe armazenamento irregular nas unidades de saúde.

Foto divulgada pelo TCE
Foto divulgada pelo TCE
big banner