• Hoje é: terça-feira, outubro 22, 2019

Souto Maior é o quinto secretário de Comunicação a deixar o cargo em apenas dois anos da gestão Rogério Lins

posse secret comunic oz
portalregiaooeste
maio21/ 2019

Mesmo com orçamento de R$ 12 milhões, desde 2018, Secom possui dívidas extratosféricas com diversos fornecedores

Apenas 4 meses, após ser nomeado, o publicitário Pedro Souto Maior, deixou a secretaria de Comunicação de Osasco (Secom). Segundo apuração feita pelo Portal Região Oeste, Souto Maior sequer chegou a “tomar posse do cargo”. O publicitário foi nomeado em 23 de janeiro, em solenidade realizada na Prefeitura de Osasco.
De acordo com a lei nº 836, que dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Osasco, em seu artigo 29, “a posse deverá verificar-se no prazo de trinta dias da publicação do ato de nomeação no órgão oficial”, o que não ocorreu. Mesmo sem tomar posse, Souto Maior despachou como secretário, inclusive como ordenador de despesas, autorizando pagamentos e empenhos da secretaria, assinando junto com o prefeito Rogério Lins, como no Decreto 11974, de 1º de março de 2019, que dispõe sobre abertura de um crédito adicional suplementar ao orçamento vigente no valor de R$ 1.182.188,00 ( um milhão, cento e oitenta e dois mil, cento e oitenta e oito reais ).
Souto Maior é o quinto secretário de Comunicação a deixar o cargo em apenas dois anos e meio da gestão do prefeito Rogério Lins.
Apesar da Secretaria de Comunicação ter um orçamento em torno de R$ 12 milhões, a pasta acumulou no ano de 2018 uma dívida que ultrapassa a casa dos milhões. São despesas feitas junto a diversos fornecedores, que vão desde gráficas, empresas de comunicação visual, promoção e eventos, serviços de buffet, locação de infra-estrutura para eventos de diversas secretarias, entre outros.
O Portal Região Oeste, entrou em contato com a secretaria de Comunicação e também tentou ouvir Pedro Souto Maior mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

big banner