• Hoje é: terça-feira, outubro 23, 2018

Rubens e Bruna Furlan são condenados por improbidade administrativa

Câmara dos Deputados
portalregiaooeste
agosto31/ 2018

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), sua filha, a deputada federal e candidata à reeleição, Bruna Furlan (PSDB), Carlos Zicardi e Cilene Bitencourt foram condenados em decisão divulgada no último dia 29, por ato improbidade administrativa ajuizado pelo Ministério Público de São Paulo. O grupo é acusado por uso indevido da máquina administrativa e promoção pessoal em propaganda institucional durante campanha à prefeitura do então vice-prefeito e secretário de Esportes, Zicardi e de sua vice, Cilene, na época secretária de Administração. O processo pode ser consultado no site http://esaj.tjsp.jus.br, número 0012112-74.2012.8.26.0068, código RI000001FL2PG.

O prefeito Rubens Furlan, que engrossava as fileiras do MDB, teria organizado 4 eventos públicos oficiais em benefício dos seus candidatos, Zicardi e Cilene. De acordo com a decisão, Furlan e Zicardi, serão obrigados ao ressarcimento integral e a devolução aos cofres públicos de todos os valores gastos nos eventos públicos; terão os direitos políticos suspensos por 8 anos; deverão devolver o equivalente a 10 vezes os salários recebidos na época, no caso de Furlan como prefeito, e Zicardi, como secretário; além disso, não poderão ser contratados por qualquer órgão públicos por 10 anos.

Já Bruna Furlan e Cilene Bittencourt foram condenadas com o pagamento de multas referente a duas vezes o salário ou subsídios de cada uma.

Furlan teria organizado quatro eventos patrocinados com dinheiro público visando a promoção da candidatura ao cargo de prefeito de Zicardi e de vice-prefeita, Cilene. A propaganda eleitoral camuflada ocorreu nos eventos realizados entre 18 de junho e 15 de novembro de 2011. No “Agitaí”, Furlan e Zicardi, vestiam camisetas com a letra Z em destaque que eram utilizadas na campanha do pré-candidato; na entrega de kits esportivos no Ginásio José Corrêa, Furlan fez elogios rasgados e anunciou Zicardi como seu sucessor; na atividade do programa “Nosso Abraço”, haviam 2 outdoors alusivos ao evento com fotos e frases de Zicardi, todos patrocinados pela prefeitura. Por fim, a ação mais cara, cerca de R$ 155 mil, pela comemoração dos 100 anos da Igreja Assembleia de Deus na Arena Barueri. O evento contou com a presença de Rubens Furlan, Zicardi, além da então secretária de Administração e candidata a vice-prefeita, Cilene Bittencourt, e a deputada federal Bruna Furlan (PSDB).

A Constituição Federal proíbe o uso de nomes, imagens ou símbolos que configurem promoção social de autoridades ou servidores públicos, o que, segundo a sentença “ocorreu largamente nos eventos mencionados, alguns punidos com multas por propaganda eleitoral”.

big banner