• Hoje é: quarta-feira, dezembro 12, 2018

Região elege 5 deputados, nenhum apoiado por Lins

Flickr Secom
portalregiaooeste
outubro09/ 2018

A estratégia do prefeito Rogério Lins (Podemos) de apoiar vários candidatos a deputado estadual da cidade para pulverizar a votação, não eleger ninguém e não incentivar adversário para 2020 funcionou parcialmente. O que ele não contava é que justamente, um dos seus mentores, e um dos primeiros aliados a romper com ele, sairia vencedor das urnas, o ex-prefeito Emidio de Souza (PT).

Ao longo da campanha, Lins declarou diversas vezes que seu apoio exclusivo seria pela reeleição da deputada federal Renata Abreu, presidente nacional do Podemos, porém no caso dos candidatos a deputado estadual ele ajudaria todos, mesmo que não fossem de seu partido. Nos bastidores políticos da cidade diziam que Lins teve que adotar essa estratégia em razão da grande rejeição à sua administração e assim, neutralizar prováveis adversários nas eleições de 2020. Com exceção de Renata Abreu, todos os seus candidatos foram derrotados nas urnas, inclusive Délbio Teruel que fez campanha colada no prefeito.

Diante disso, o único candidato de Osasco a conseguir ser eleito, foi Emidio, porém a região Oeste elegeu uma deputada federal, Bruna Furlan, e mais três estaduais, Gilmaci Santos (PRB), Marmo César (PSDB) e Ataíde Teruel (Podemos).

big banner