• Hoje é: domingo, outubro 25, 2020

Osasco submersa

  • 12596
  • 12596
  • 12596
  • 12596
  • 12596
  • 12596
portalregiaooeste
março09/ 2020

Bairros sofrem alagamento histórico neste domingo,com grandes estragos e dezenas de carros submerses: Centro, Km 18, Cidade das Flores, Quitaúna, Bussocaba e Jaguaribe enfrentam dia de caos

Moradores da região Centro-Sul de Osasco viveram verdadeiros momentos de desespero e aflição na tarde do último domingo, 8/3. As chuvas atingiram bairros na zona sul, além do Centro da cidade, inundando diversos pontos comerciais e residências e deixando diversos veículos submersos. Os bombeiros contabilizaram 11 desmoronamentos e desabamentos na cidade, 29 pontos de enchentes e alagamentos e dezenas de quedas de árvores.

As avenidas Maria Campos, Lázaro de Mello Brandão, Hirant Sanazar e Analice Sakatauskas foram as mais atingidas. O rio Bussocaba transbordou em toda a extensão que passa pelo Centro da cidade, onde as águas invadiram as casas, comércios e um posto de gasolina.

O Largo de Osasco ficou completamente coberto pelas águas barrentas, assemelhando-se a um imenso rio. O córrego João Alves, que começa na região do Jaguaribe/Novo Osasco extravasou em vários pontos, alagando avenidas como Sport Clube Corinthians Paulista e Visconde de Nova Granada, que há anos não passavam por inundação.

No Km 18, Jardim das Flores e Pestana, bairros que também não têm as enchentes como algo comum, algumas ruas ficaram alagadas, com carros submersos sendo arrastados pela correnteza. Na região, a avenida dos Autonomistas também foi atingida, com ruas próximas ao Terminal do Km 21 intransitáveis e estragos no bairro de Quitaúna. No Jaguaribe, um carro foi arrastado para dentro de um córrego e casas desabaram em uma comunidade do bairro.

ZONA NORTE – No mês passado, faleceu o garoto Kauê Tavares Soares, de 7 anos, que ficou soterrado após um deslizamento de terra no Morro do Socó.

Apesar de constar no Programa de Governo do prefeito Rogério Lins, o combate às enchentes não foi priorizado pela atual administração. Nas redes sociais, diversos munícipes reclamam da falta de limpeza dos bueiros, bocas de lobo, zeladoria em praças, além da poda de árvores. “Foram apenas 10 minutos de chuvas. Foi desesperador! O medo que eu senti pela minha casa e pelos meus vizinhos”, afirmou Giovanna Vano.

Em um vídeo postado pelo internauta Antony Rodrigues, imagens mostram trechos da Avenida Analice Sakatauskas totalmente submersa com carros boiando. “Essa é a realidade de nossa cidade com esse governo desgovernado do Rogério Lins”, afirmou Joelson Serra.
“Se está alagando na prefeitura imagina no resto de Osasco”, disse Janaina Ferreira.

“Muito triste o que está acontecendo. Praças e margens de córregos estão cheias de matos. Quem anda pela cidade vê o abandono. As ruas estão esburacadas. Não há planejamento. Agora diversos bairros são atingidos pelas enchentes. O prefeito nada fez para mudar isso”, disparou Ivone Fernandes.

big banner