• Hoje é: quarta-feira, maio 25, 2022

Osasco: Funcionários da saúde param e denunciam as péssimas condições de trabalho

Jardim Dabril
portalregiaooeste
janeiro18/ 2022

foto_Reclamações Cidade de Osasco_Bia Barbosa

Médicos e funcionários da secretaria municipal de saúde de Osasco prometem parar amanhã (19/01) e pretendem fazer uma manifestação em frente a prefeitura de Osasco para denunciar as péssimas condições de trabalho a que estão sendo submetidos, assim como a precariedade no atendimento para a população.

Segundo fontes, desde o início da pandemia, os funcionários estão sendo sobrecarregados e submetidos a uma rotina estressante, o que tem levado alguns desses profissionais a adoecerem e à exaustão. Outro ponto abordado é que, mesmo com o aumento da demanda, nem a Prefeitura de Osasco nem a empresa que administra as UBS contrataram novos profissionais. Isso os impede de fazerem um atendimento digno para a população.

Falta de medicamentos
Mais um ponto abordado é que, nos últimos meses, os medicamentos não chegaram nas unidades de saúde. Sejam os medicamentos básicos, de hipertensão ou para diabetes, eles estão sempre em falta nas unidades.

A mobilização está chamando um ato, dia 19/01 às 15 horas, em frente a Prefeitura e pede o apoio da população para ajudar a pressionar o prefeito Rogério Lins e a empresa que administra as UBSs pela contratação de novos profissionais, pela contratação de equipe específica para atender as pessoas com síndrome respiratória, pela estrutura adequada para o atendimento a população e pelos suprimentos para as unidades (medicamentos e utensílios). “Sabemos que o momento é delicado, mas nós não aguentamos mais esta situação e precisamos cobrar de quem é responsável, no caso a prefeitura e a empresa que administra a UBS”, relata a fonte.

big banner