• Hoje é: segunda-feira, julho 4, 2022

Microsoft lança aplicativo que mapeia violência contra a mulher

Microsoft lança app
portalregiaooeste
junho03/ 2016

Em momento de intenso debate sobre o assédio e violência contra a mulher, a Microsoft lança aplicativo para combater esse grave e frequente problema. Em parceria com o Instituto Eldorado, a empresa lança o Assédio Zero, app que permite que as usuárias informem zonas perigosas e compartilhem essas informações com outras usuárias. O objetivo é combater a violência contra a mulher no Brasil e contribuir para os ideias de uma sociedade melhor. O download é gratuito e está disponível apenas para Android, em breve será liberado também para iOS. O software utiliza o GPS para catalogar as denúncias, assim, quem acessa usa a localização atual ou indica o lugar com o pin, informando também o que aconteceu por ali e se o tipo de assédio sofrido.

Com a chegada das denúncias, um mapa de calor começa a ser montado e indica as áreas mais perigosas para elas. Todos os dados são compartilhados de forma anônima e ficam armazenados na nuvem. Assim, uma vez que uma usuária indica um caso, ele passa a estar disponível para todas as outras. As informações aparecem da forma mais completa possível, mas sem a identidade de quem as cadastrou.

O Assédio Zero conta com um sistema de alertas que informa sobre a realização de ataques ou situações em tempo real. Assim, o aplicativo pode servir também as autoridades, que podem tomar atitudes sobre casos que estão acontecendo e averiguar as denúncias realizadas pelo aplicativo. A Microsoft afirma estar empenhada em garantir a liberdade e a diversidade, e utilizar a tecnologia para garantir isso é um dos caminhos ideais.

Usando uma tecnologia semelhante, a empresa já havia lançado, em maio, o Espaço Livre, que realiza um trabalho parecido, mas voltado para a luta contra a homofobia. Por meio de um sistema de denúncias, usuários podem indicar áreas onde ocorreram agressões à comunidade LGBT e os locais mais seguros da cidade. Versões iOS e Windows Phone do Assédio Zero já estão a caminho, segundo a companhia, mas ainda não existe data marcada para lançamento.

Além do app
A empresa também reforçou o compromisso com a igualdade de oportunidades para mulheres no ambiente de trabalho. A Microsoft Brasil assinou o documento Princípios de Empoderamento das Mulheres, uma iniciativa da ONU Mulheres que apoia e promove a igualdade entre os gêneros. Isso significa que empresa está comprometida a incorporar em seus negócios valores e práticas que visem à equidade de gênero e o empoderamento feminino no local de trabalho.

No Brasil, 93 empresas já fazem parte da iniciativa. Os princípios envolvem e homens e mulheres de forma justa no trabalho; assegurar saúde, segurança e bem-estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras; e iniciativas comunitárias e de defesa para promover a igualdade, entre outras ações. Na Microsoft, atualmente 50% dos estagiários são mulheres, 30% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres e, nas posições que se reportam diretamente para Paula Bellizia, presidente da Microsoft, o índice é de 60%.

Via TecMundo

big banner