• Hoje é: quarta-feira, julho 6, 2022

Máscara deixa de ser obrigatória em no Estado de São Paulo

mascara_1200x675_15102021165241
portalregiaooeste
março10/ 2022

O uso da máscara de proteção contra a Covid-19 deixou de ser obrigatório em locais abertos no estado de São Paulo. A medida, anunciada pelo governador João Dorianesta quarta-feira (9) abrange espaços abertos de escolas públicas e privadas. Já para espaços como transporte público foi mantida a obrigatoriedade de uso.

Além do estado paulista, desde o início desta semana, ao menos nove das 26 capitais brasileira sinalizaram que irão abandonar os decretos que tratam do uso obrigatório de máscaras contra covid-19. Na lista estão São Luiz (MA), Cuiabá (MT), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS) e Florianópolis (SC).

O movimento foi iniciado pelo Rio de Janeiro, primeira capital do país a determinar, na terça-feira (8), o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção em ambientes abertos e fechados.

“Cumprindo as determinações do Comitê Científico amanhã sai decreto acabando com a obrigatoriedade de máscaras em espaços abertos e fechados. Com um esforço para vacinar aqueles que podem tomar dose de reforço, em 3 semanas acabamos também com o passaporte”, escreveu Eduardo Paes, prefeito da cidade, nas redes sociais

.

O Instituto Butantan, um dos fabricantes da vacina contra a doença no Brasil, aponta que utilização da máscara de proteção está diretamente relacionada ao combate ao coronavírus, uma vez que ajuda a bloquear as gotículas que carregam o vírus e que saem da boca e do nariz das pessoas infectadas quando elas tossem, espirram ou falam. Isso impede a contaminação de pessoas e objetos próximos, diminuindo a circulação do vírus.

big banner