• Hoje é: terça-feira, dezembro 18, 2018

Lins não cumpre data de entrega de uniformes e mães se organizam em rede social

Uniformes escolares
portalregiaooeste
junho15/ 2018

O prefeito Rogério Lins (PODEMOS) não conseguiu cumprir o prazo estipulado por ele mesmo para a entrega dos kits de uniforme de inverno aos alunos de toda a rede municipal de ensino. Ele havia culpado a greve dos caminhoneiros pelo atraso e prometido concluir a distribuição no último dia 8, porém uma semana depois as peças ainda eram entregues. Para não ficar ainda pior, a distribuição foi feita de qualquer jeito e, na pressa, crianças de 3 anos receberam uniformes de número 23. E sem ter para quem reclamar, os responsáveis pelos pequenos foram obrigados a se organizarem nas mídias sociais para fazerem as trocas entre eles mesmos.

Em uma das postagens, uma mãe reclamou. “Não adianta reclamar. O tênis do meu filho veio 25, ele calça 20. A escola informou que não tem troca”. Outra mãe estava procurando um tênis de número 27. Em outra publicação, a mãe dizia que a filha recebeu tamanho 10, mas sua filha usa número 6, já o tênis, seria 26, mas chegou 28.

A entrega dos uniformes virou polêmica na cidade. Depois de quase dois anos sem receber os kits, já que a última remessa foi distribuída em abril de 2016, a administração de Lins iniciou o fornecimento das peças de verão em março de 2018, porém, passados dois meses sem conseguir concluir o serviço na rede, a Prefeitura foi obrigada a adotar as entregas simultâneas das peças de inverno e verão. Essa estratégia ganhou as mídias sociais, rendendo críticas e desconfiança por parte dos responsáveis pelos alunos, principalmente porque muitos ainda não haviam recebido.

De acordo com a Prefeitura, o atraso ocorreu por problemas na licitação que deveria ter sido feita pela gestão do ex-prefeito Jorge Lapas (PDT), além disso, a concorrência aberta na atual administração enfrenou questionamentos do Tribunal de Contas.

big banner