• Hoje é: quinta-feira, maio 19, 2022

H1N1: 5 medidas para se proteger

Proteção para H1N1
portalregiaooeste
abril06/ 2016

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou 71 mortes por complicações da gripe H1N1 este ano. Desse número, 55 ocorreram no Estado de São Paulo, onde foram registrados os casos mais graves relacionados ao vírus. O atual índice já é quase o dobro do que foi registrado em todo o ano de 2015, quando 36 pessoas morreram por causa do influenza A.

Apesar da grande incidência, é possível adotar medidas preventivas para se proteger contra a doença. Veja a seguir 5 atiudes que ajudam na prevenção:

1. Vacine-se contra o vírus H1N1. A vacina está disponível pelo SUS durante o mês de abril para o grupo de risco formado por crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas (deram a luz recentemente), idosos, portadores de doenças crônicas, funcionários do sistema prisional e da área da saúde. Para quem não está nos grupos de risco, é possível tomar a vacina na rede particular.

2. Evite o contato com as pessoas com a gripe H1N1. O vírus é transmitido pelas secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada enquanto fala, tosse ou espirra. Em ambientes fechados, procure deixar as janelas abertas para que haja circulação do ar.

3. Higienize muito bem as mãos lavando entre os dedos, unhas e pulsos, some à utilização de álcool gel.

4. Evite lugares com grande aglomeração de pessoas. Em locais públicos, como maçanetas, corrimãos e apoios no ônibus ou no metrô, não leve as mãos nos olhos, boca ou nariz e lave-as assim que possível.

5. Evite estresse, ansiedade, má alimentação, dormir pouco, beber e usar drogas. Isso enfraquece o sistema imunológico e deixa o organismo ainda mais exposto ao vírus.

big banner