• Hoje é: terça-feira, maio 11, 2021

Comércio da região lidera queda de vendas em todo o Estado

Comercio
portalregiaooeste
março16/ 2016

O comércio varejista da região Oeste fechou o ano de 2015 com desempenho negativo, segundo pesquisa divulgada, esta semana, pela Fecomercio (Federação do Comércio do Estado de São Paulo). O setor registrou queda de 8,5% no faturamento, o que representou uma perda de R$5 bilhões. Somente em dezembro, a baixa foi de 10,5% na comparação com o mesmo mês de 2014, o pior resultado do Estado de São Paulo.

Entre os 9 setores pesquisados, 7 registraram queda em dezembro no comparativo com o mesmo período do ano anterior. O segmento de outras atividades, com queda de 11,8%, foi o que mais colaborou para resultado negativo na região. Esse ramo tem como principais representantes os postos de combustível. As atividades de lojas de vestuário, tecidos e calçados e de eletrodomésticos e eletrônicos e lojas de departamentos também apresentaram retração.

Por outro lado, os segmentos de farmácias e perfumarias, com alta de 34,2%, e as lojas de móveis e decoração, com elevação de 26% nas vendas, foram os únicos contrários a essa tendência. A Fecomercio projeta um desempenho ainda pior para este ano, com queda de 12% nas vendas do comércio da região.Em todo o Estado, em dezembro, o comércio varejista do Estado de São Paulo registrou faturamento real de R$ 56 bilhões – queda de 4,3% em relação ao mesmo mês de 2014, quando o setor faturou R$ 58,5 bilhões.

Com isso, o varejo paulista encerrou o ano com faturamento real de R$ 550,2 bilhões – 6,3% inferior ao registrado em 2014 e o pior resultado anual desde o início da série histórica, em 2009, sendo ainda o segundo ano consecutivo com taxa negativa.

big banner