• Hoje é: quinta-feira, dezembro 5, 2019

Benefício de alimentação para servidores da Câmara é 255% maior que da Prefeitura

Cropped image of woman inputting card information and key on phone or laptop while shopping online.

Designed by Freepik
portalregiaooeste
junho22/ 2018

Os servidores públicos da Prefeitura de Osasco estão bastante decepcionados com o desempenho do prefeito Rogério Lins (PODEMOS), principalmente depois que os vereadores da Câmara de Osasco aprovaram um reajuste de 7% para todos os trabalhadores do legislativo, contra os 4,20% concedidos por Lins. Mas a diferença não está apenas no salário, já que além dos trabalhadores da Casa de Leis terem um aumento muito maior que os funcionários da Prefeitura, outros importantes benefícios também merecem destaque. Os funcionários da Câmara recebem todos os meses o equivalente a R$ 450,00 de auxílio alimentação, esse valor é pago em dinheiro junto com o salário, e outros R$ 854,00 de refeição. Somados os benefícios, os servidores da Câmara recebem um total de R$ 1,3 mil para alimentação/refeição, contra os R$ 366,00 referentes ao cartão alimentação da Prefeitura. O valor pago para a alimentação do Legislativo é 255% maior que o do Executivo.

A insatisfação dos servidores também é grande porque Lins não tem conseguido cumprir o que promete. Quem tem sentido na pele, e, no bolso, o descompromisso do chefe do executivo, são os servidores públicos. Ele anunciou o pagamento do reajuste de 4,20% no salário dos trabalhadores para o dia 30 de maio, porém nada aconteceu. Pelo contrário, o projeto de lei que dispõe sobre o aumento, só chegou à Câmara de Osasco para ser votado pelos vereadores na última terça, 19. Agora, a proposta segue para avaliação das comissões permanentes da Casa e só deve ser incluída na pauta na próxima semana.

big banner