• Hoje é: sexta-feira, dezembro 6, 2019

Acusado em delação, Aécio diz que senador faz citações mentirosas

Delcidio de Amaral acusa Aécio Neves
portalregiaooeste
março16/ 2016

Em sua delação, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) acusou o presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG), de receber pagamentos ilícitos de Furnas e de ter atuado para maquiar dados do Banco Rural obtidos pela CPI dos Correios. Isso porque a quebra dos sigilos da instituição financeira, envolvida no escândalo do mensalão, comprometeria vários políticos tucanos, entre eles o próprio Aécio.

Delcídio diz, inclusive, que a operação teve participação do atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), na época deputado pelo PSDB e integrante da CPI, que funcionou de 2005 a 2006 e era presidida por Delcídio.

Já Aécio Neves negou as acusações, tanto em Furnas quanto no mensalão. Ele divulgou nota acusando Delcídio de fazer “citações mentirosas que não se sustentam na realidade e se referem apenas a ‘ouvir dizer’ de terceiros”. Aécio também negou ser dono ou beneficiário de uma fundação no exterior, e ter recebido propina de Furnas. Segundo ele, são denúncias requentadas, há anos alimentadas pelo PT.

O prefeito Eduardo Paes, por meio de sua assessoria de imprensa, negou que tenha sido procurado por Aécio Neves à época da CPI dos Correios para pedir a postergação da quebra de sigilo bancário ou por qualquer representante do Banco Rural para tratar do assunto.

big banner