• Hoje é: sábado, dezembro 7, 2019

A ingratidão de Lapas com o partido que o fez prefeito

Sidonio
portalregiaooeste
abril08/ 2016

Sidonio Jose Geraldes Afonso

Aprendi na convivência com companheiros de fábrica os valores de solidariedade e gratidão. A sabedoria operária e popular ensina que não se deve cuspir no prato que se come. Há muitos anos luto com ideias e princípios para construção de um mundo melhor. Esse mundo, em meu sonho, deve ser habitado por um novo homem que, além de prover seus bens materiais tenha, como base as relações entre irmãos.

Um dos instrumentos descobertos pela humanidade para alcançar tal objetivo é o partido político. Desde 1980, ajudo na construção do Partido dos Trabalhadores. Cometemos muitos erros, mas é inegável que o balanço é muito mais positivo. Poderia elencar aqui centenas de boas ideias e bons projetos que desenvolvemos estando nos governos municipais, estaduais ou no governo federal.

Na vida, nós sabemos também que quando você está subindo muita gente quer te acompanhar. No entanto, na descida, muitos abandonam sua companhia. Na política é a mesma coisa.

Em 2004, o PT elegeu o Emidio (meu companheiro de fábrica) para comandar a Prefeitura de Osasco. O companheiro João Paulo indicou o engenheiro Jorge Lapas para ser Secretário de Obras. Lapas tinha trabalhado na gestão do Prefeito Humberto Parro do PMDB e, na época, era filiado ao PSDB desde 1989. Depois, trabalhou na Prefeitura de São Paulo nas gestões de Maluf, Pita e Marta como Engenheiro concursado. Em paralelo constitui uma empresa de engenharia tendo como sócio Waldir Ribeiro Filho, que depois viria a ser Secretário de Obras e Secretário de Governo da Prefeitura de Osasco.

Tendo aceitado prontamente o convite, o Engenheiro Jorge Lapas levou seu sócio, também Engenheiro Waldir Ribeiro, para ser o secretário adjunto. Em pouco tempo Lapas se transformou no braço direito do Prefeito Emidio. Simultaneamente sua empresa começou a crescer.

Em 2008, já Secretário de Governo da Prefeitura de Osasco e na iminência da reeleição do companheiro Emidio, Jorge Lapas se filia ao PT (em 2005 ele tinha tentado se filiar, mas a justiça eleitoral acusou dupla filiação) e, imediatamente à vitória eleitoral de Emidio, ele é confirmado na Secretaria de Governo e seu sócio, Waldir Ribeiro, na Secretaria de Obras.

Na eleição de 2012, quando João Paulo renuncia a sua candidatura a Prefeito, por conta da condenação no processo do mensalão, Emidio e o próprio João Paulo indicam o Engenheiro Jorge Lapas para ser o candidato do PT a Prefeito da cidade de Osasco. Nesta época Jorge Lapas não reclamou nada do PT e herdou uma estrutura pronta para vencer as eleições. Os petistas e aliados desconhecem qualquer obrigado dito pelo Engenheiro Jorge Lapas. Ele ganhou a eleição.

Vale observar que nos 8 anos de filiação ao PT o Engenheiro Jorge Lapas ocupou cargos de relevância (Secretário de Governo e Prefeito) e recebeu dos filiados e simpatizantes do PT a mais profunda e firme confiança.

São inegáveis as dificuldades que o projeto do PT sofre. Para atravessar essa tempestade (que ninguém sabe como terminará) é fundamental a união dos petistas e democratas. Lula, Dilma e o Governo enfrentam toda sorte de ataques. Exatamente nessa hora é que precisamos usar os valores que conheci no chão das fabricas que trabalhei: solidariedade e gratidão.

Covardemente, o Engenheiro Jorge Lapas, que recebemos de braços abertos e demos a ele os melhores cargos que tínhamos, vira as costas para Lula, Dilma e para o projeto do PT. Sem nenhuma cerimônia cospe no prato que comeu. Lado outro, sua empresa vai muito bem!

Sua ingratidão é tamanha que não tem vergonha de constranger sua principal liderança, Emidio de Souza, que ocupando a Presidência Estadual do PT, fica completamente imobilizado para orientar a sigla nos desafios que estão colocados. Afinal, se Emidio não conseguiu arrumar nem sua própria casa e teve seu principal aliado abandonando o barco como sugerir fidelidade e medidas para os outros?

E mais: Jorge Lapas afirma que saiu em razão do “momento delicado pelo qual o PT está passando no cenário nacional” e no âmbito municipal “por visões e interesses individuais, que dividem o partido e promovem um clima de insegurança e instabilidade em nossos aliados.” Ora, quem ficou 8 anos no PT e ocupou os mais importantes cargos da administração municipal, falar de “interesses individuais” lembra fingimento. O Engenheiro Jorge Lapas só ficou no PT por causa dos cargos. Tanto é verdade que na primeira dificuldade, pula do barco.

Quando ele se filiou ao PMDB, PSDB e depois PT estava movido por quais interesses? E quando foi indicado Secretário de Obras, Secretário de Governo e Prefeito o PT não vivia momento delicado. Ai ele se esbaldou. Agora, na dificuldade, foge. Então, quais interesses o movem?

Ele precisava dizer a verdade para o povo de Osasco. Sua administração é reprovada. Abandonou a saúde e deixou a cidade insegura. Não cumpriu o programa que o PT e ele como candidato apresentaram aos cidadãos osasquenses. Não teve capacidade para articular a conclusão de obras iniciadas pelos governos do Emidio e agora desesperado tenta enganar a cidade. Governou olhando para o passado, foi incapaz de liderar a cidade e não deixa nenhuma marca de obra ou serviço relevante. Muda de partido porque não tem compromisso e busca uma tábua de salvação para tentar salvar seus interesses. Os eleitores saberão separar o joio do trigo!

Sobra ao PT a luta e o bom combate. Andaremos pela cidade propagando esperança e sonhos. Reconheceremos nossos erros, mas mostraremos acertos. Transformaremos nossa coragem em união e superaremos o medo. Construiremos um novo programa de governo que desperte nos osasquenses o desejo de caminhar na direção do futuro.
Vamos falar do amor que temos por Osasco.

Moro há quase 60 anos no Alto do Farol em Osasco. Trabalhei em metalúrgicas e vi a cidade crescer. Frequentei a Igreja Imaculada Conceição e ajudei sindicatos. Vivi dificuldades pessoais e políticas, mas carreguei a coragem do meu pai, que saiu de Portugal sem destino a aportou aqui para criar sua família e sempre acreditou que o homem e do tamanho de seus sonhos. Por isso eu sonho!

Sidonio José Geraldes Afonso
Membro da Comissão Executiva Municipal do PT Osasco

big banner