• Hoje é: terça-feira, maio 21, 2019

Sinprosasco convoca professores para café e bate-papo sobre a Campanha Salarial

Sinprosasco
Jucelene Oliveira
março14/ 2019

Texto: Diretoria do Sinprosasco

O Sinprosasco – Sindicato dos Professores de Osasco e Região convoca os professores da educação básica para um café e bate-papo sobre os rumos daCampanha Salarial 2019, que acontecerá neste sábado, 16/03 às 8h30, em sua sede, em Osasco.

Como já é do conhecimento da categoria, o reajuste salarial para os professores que lecionam na educação básica ainda não foi definido porque as negociações com o sindicato patronal não foram concluídas.

A pauta de reivindicações dos professores propõe como reajuste salarial a reposição integral da inflação acumulada nos doze meses anteriores à data base (de março a fevereiro) e aumento real correspondente a 50% da inflação.

A inflação é calculada pela média de três indicadores: ICV-Dieese, INPC-Ibge e IPC-Fipe. Este é o critério adotado nas negociações há mais de vinte anos e foi mantido na reivindicação da categoria.

O Sieeesp – sindicato patronal – fez uma contraproposta, que foi recusada pela assembleia dos professores em todo o estado de São Paulo no dia 28/02. A segunda rodada de negociações ocorreu na terça-feira, 12/03, e há uma nova reunião agendada para o dia 19/03.

A comissão de negociação da Fepesp – Federação dos Professores do Estado de São Paulo, ressaltou aos donos de escola que as condições da proposta patronal, rejeitada nas assembleias, permanecem firmes, também insistindo em priorizar os direitos assegurados pela Convenção Coletiva.

A contraproposta apresentada pelo Sieeesp prevê apenas a reposição inflacionária em março de 2019. Se a Convenção vier a ser assinada por dois anos, os patrões oferecerem 1% de aumento real, a partir de março de 2020. Entretanto, o Sieeesp condiciona esse reajuste à redução do recesso de 30 para 20 dias e aumento da carência para a garantia semestral de salários, de 22 para 36 meses. As duas contrapropostas seguem rejeitadas pelosprofessores.

É importante ressaltar que, enquanto se negocia, a Convenção Coletiva de Trabalho não muda e os direitos e obrigações permanecem. Esse é o compromisso tácito firmado na mesa de negociações.

Para a próxima assembleia a Fepesp, o Sinprosasco e demais sindicatos do estado mantêm como prioridades na negociação da Convenção Coletiva:

►Ultratividade: manter a validade da Convenção enquanto se negocia sua renovação.
►Terceirização: impedir, contra a precarização dos contratos de trabalho e o avanço da pejotização de professores.
►Excesso de trabalho: discutir a hora atividade e a hora virtual.

Diante do relato acima, torna-se cada vez mais importante e urgente a união e o apoio da categoria. O Sinprosasco aguarda os professores no dia 16/03 e reitera que o sindicato não consegue nada sozinho. É a união e a força da categoria que “amedronta” o patrão.

No próximo dia 21 de março os donos de escola se reúnem para fechar sua contraproposta e no sábado, dia 23, professoras, professores e auxiliares de administração escolar estarão novamente em assembleias em seus sindicatos para decidir o rumo desta Campanha Salarial 2019.

Para saber mais, acesse nosso site: http://www.sinprosasco.org.br/noticias/sinprosasco-convoca-educacao-basica-para-cafe-neste-sabado-16-03 e nos siga nas redes sociais: https://www.facebook.com/sinprosasco/https://www.instagram.com/sinprosasco/.

big banner