• Hoje é: quinta-feira, abril 22, 2021

Vereadores e secretária municipal de Carapicuíba são presos por fraude

Camara de Carapicuiba
portalregiaooeste
agosto24/ 2016

Quatro vereadores de Carapicuíba – Jefferson Macedo (PSDB), Elias Cassundé (PPS), Nenê Crepaldi (PPS) e Carlos Japonês (PPS) – foram presos, na noite desta terça-feira, 23, durante sessão da Câmara Municipal. A polícia cumpriu mandato judicial, de prisão temporária, em investigação sobre o envolvimento dos vereadores em fraudes na contratação de servidores públicos pela prefeitura. Também foi detida a secretária municipal de administração, Elaine Cristina Pereira.

Os vereadores são acusados de indicar pessoas para ocupar cargos em processos seletivos abertos pela prefeitura, o que configuraria compra de votos. A Prefeitura de Carapicuíba já havia sido obrigada pela Justiça, este mês, a demitir mais de 100 agentes de saúde e outros 120 bolsistas do programa Operação Trabalho contratados por meio desses processos seletivos. E, em uma operação do Ministério Público, em julho, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em gabinetes de seis vereadores de Carapicuíba e também em extensões de gabinetes de três parlamentares para apreensão de documentos que comprovariam essas fraudes. Além disso, em maio, outro vereador da cidade, Paulo Xavier (PSDB), foi preso acusado de nepotismo e de manter funcionários fantasmas.

big banner