• Hoje é: sexta-feira, agosto 14, 2020

“Vamos acabar com essa mamata”, diz Lindoso no pedido da CPI dos Transportes

DR Lindoso
portalregiaooeste
junho20/ 2018

O presidente da Câmara de Osasco, Elissandro Lindoso (PSDB), conseguiu a sétima e última assinatura necessária no requerimento que pede a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do transporte público na cidade. Para ser instaurada, a solicitação será discutida em plenário e vai precisar de 11 votos. “Quem tem coragem vote pela CPI dos Transportes, vamos investigar e acabar com essa mamata”, disse Lindoso.

Com a assinatura do vereador Pelé da Cândida (PSC), na terça-feira, 19, o tucano finalmente conseguiu fazer a solicitação da CPI. Além de Lindoso e Pelé, o documento conta com o apoio dos vereadores Tinha di Ferreira (PTB), Régia Sarmento (PDT), Didi (PSDB), De Paula (PSDB) e Ricardo Silva (PRB).

O autor argumentou que não vai desistir da CPI dos Transportes e, se preciso for, vai até o STF (Supremo Tribunal Federal). “Podem vir porque já estou esperando a paulada. Tenho vergonha da política brasileira, com muitos ordinários vivendo do dinheiro público. Não vim pra Osasco ver pessoas vagabundas tentando denegrir a minha imagem. Estou decepcionado com muita coisa que tenho visto. Não tem dipirona e nem amoxilina, eu vi farmácias fechadas no posto de saúde, que vagabundagem é essa? Nós somos vereadores pra que?”, desabafou usando a tribuna da Câmara.

Dois fatores motivaram o tucano a solicitar a CPI dos Transportes, o preço da tarifa de ônibus em Osasco e o fato das empresas terem entrado na justiça com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADIN, contra o projeto aprovado pela Câmara que previa a redução da idade de 65 para 60 anos, com isenção de tarifa.

big banner