• Hoje é: quinta-feira, agosto 16, 2018

Servidores do município rejeitam ajuste de 3% e marcam paralisação geral para o dia 16

Foto: Sintrasp
portalregiaooeste
maio10/ 2018

Insatisfeitos com a proposta do prefeito Rogério Lins (PODEMOS) que ofereceu ajuste salarial de 3,68% para toda a categoria, servidores públicos municipais decidiram em assembleia fazer uma paralisação geral no próximo dia 16 de maio, a partir das 7 horas, em frente a Câmara Municipal de Osasco. A ação é um protesto ao que chamam de “descaso do Governo”.

A assembleia foi realizada em frente a sede do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos de Osasco (Sintrasp), que apresentou as contrapropostas da Prefeitura para a pauta de reivindicações. O índice de reajuste de 3,68% não foi aceito, assim como as duas alternativas para a cesta alimentação, sendo uma linear de 6%, ou escalonada por faixa salarial, que também não foram aceitas. Os trabalhadores tiveram oportunidade de votar pelos próximos passos da Campanha Salarial e decidiram pela paralisação.

De acordo com o presidente do Sintrasp, Toninho do Caps, agora, o Sindicato vai passar em todos os postos de trabalho para comunicar a respeito das deliberações da assembleia. “A proposta é finalizar um boletim para distribuição em toda base e para a população. Chega de tantos desmandos e de ficarmos sem um reajuste que é de nosso direito. Vamos para cima com tudo!”.

big banner