• Hoje é: quinta-feira, agosto 16, 2018

Senado elege comissão que vai analisar impeachment

Brasília - Os Senadores Humberto Costa, Paulo Rocha e Angela Portela durante reunião em plenário para eleição da comissãoque analisará a admissibilidade do pedido de impeachment de Dilma (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
portalregiaooeste
abril26/ 2016

O Senado elegeu nesta segunda-feira (25), em votação simbólica, a comissão especial que vai analisar o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). A eleição referendou a indicação dos líderes dos seis blocos partidários da Casa.

Já nesta terça-feira, os membros da comissão deverão eleger o seu presidente e relator. A presidência deverá ficar com o senador Raimundo Lira (PMDB-PB), indicado pelo bloco do seu partido, que tem também o maior número de membros na comissão: cinco.

As senadoras governistas Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) fizeram duas questões de ordem pedindo que o senador Antônio Anastasia nem qualquer outro parlamentar do PSDB possam assumir o cargo de relator da comissão especial do impeachment no Senado.

Elas argumentam que o PSDB não teria “isenção” para ocupar a relatoria da comissão. Anastasia foi o indicado do PSDB para o cargo. Renan Calheiros decidiu, no entanto, que as questões de ordem levantadas pelas parlamentares sejam decididas pelos integrantes da comissão especial a partir da próxima terça-feira (3/5).

big banner