• Hoje é: domingo, dezembro 8, 2019

Roberto Espinosa será homenageado em evento

Espinosa-Metro
Jucelene Oliveira
setembro18/ 2019

Evento no Sindicato dos Metalúrgicos promove homenagem a Espinosa

Professores, estudantes, líderes sindicais e todos aqueles que acreditam e militam em defesa da democracia estão convidados a participar de uma singela homenagem ao companheiro de luta, o professor Antonio Roberto Espinosa, falecido há um ano. O encontro será no Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, no próximo dia 28 de setembro, das 14h às 18h (Rua Erasmo Braga, 307 – Presidente Altino – Osasco).

Para quem não teve a honra de conhecê-lo, Espinosa – como era conhecido entre amigos e colegas de trabalho – era, além de professor, jornalista e ativista político. Nascido na cidade de Osasco, ele faleceu no dia 25 de setembro do ano passado, aos 72 anos, vítima de um câncer no pulmão, pelo qual lutava meses a fio.

“Deixo aqui meu pesar e minha solidariedade à família e amigos”, disse na ocasião Salomão de Castro, professor e secretário-geral do Sindicato dos Professores de Osasco e Região. “Infelizmente perdemos um grande combatente, além de estimado amigo e companheiro de lutas”, concluiu.

Geraldo Ferreira da Silva, também diretor e tesoureiro do Sinprosasco, relembrou a relação de amizade que mantiveram. “A primeira passeata que eu participei foi em abril de 1968, organizada pelo Centro de Estudantes de Osasco. Lembro-me que Espinosa era a principal liderança daquele movimento. Durante o trajeto, paramos três ou quatro vezes para ouvir seu discurso”, relembra.

Antes de falecer, Espinosa trabalhava como professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus Osasco, no curso de Relações Internacionais. Como jornalista e militante pró-democracia, lutou contra a ditadura militar, integrando a VPR (Vanguarda Popular Revolucionária) e VAR-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária Palmares).

Em julho de 1968, então com 21 anos e cursando o primeiro ano de filosofia na USP (Universidade de São Paulo), participou ativamente da mobilização de estudantes e sindicalistas, que ficou conhecida internacionalmente como a Greve da Cobrasma (Companhia Brasileira de Material Ferroviário), na época uma das maiores metalúrgicas da América Latina.

Em passado mais recente, participou ativamente de todas as manifestações em oposição às arbitrariedades cometidas pelo Unifieo – tradicional faculdade de Osasco – contra os professores universitários, ocorridas a partir de outubro de 2015. Os docentes ficaram meses sem receber salários, foram demitidos por justa causa, entre outros desmazelos. Espinosa foi um militante atuante no movimento que combatia todas essas injustiças.

É justamente pelo currículo de trabalho e lutas populares e sindicais que esta homenagem é mais do que merecida. Contamos com a presença de todos para celebrarmos a luta na qual vive Espinosa, hoje e sempre!

Para mais informações e notícias, acesse nosso site: www.sinprosasco.org.br e nos siga nas redes sociais: facebook.com/sinprosasco/ e instagram.com/sinprosasco/.

big banner