• Hoje é: segunda-feira, novembro 20, 2017

Prefeito Rogério Lins nomeia secretária acusada de fraudar licitação da Prefeitura de São Caetano

Renata - Comunicação
portalregiaooeste
novembro08/ 2017

Não ficaram restritas a seu cunhado, Gerson Pessoa, agora Chefe de Gabinete, as polêmicas envolvendo os novos nomes no primeiro escalão do prefeito Rogério Lins. Como secretária-adjunta da Comunicação ele nomeou Renata Polleti de Sousa, proprietária da empresa Rango Publicidade LTDA, acusada pelo Ministério Público de irregularidades em contrato firmado, em 2016, com a Prefeitura de São Caetano do Sul.

Renata Polleti de Sousa, proprietária da empresa Rango Publicidade acusada pelo MP de irregularidades em contrato com a Prefeitura de São Caetano.
Renata Polleti de Sousa, proprietária da empresa Rango Publicidade acusada pelo MP de irregularidades em contrato com a Prefeitura de São Caetano.

À época, a Rango, uma empresa recém-criada e recém-transferida para São Caetano, foi vencedora de uma licitação, no valor de quase R$13 milhões, firmado com a prefeitura da cidade do ABC para prestar serviços de comunicação. A licitação, no entanto, foi questionada por outros concorrentes e virou alvo de investigação do Ministério Público, que determinou a suspensão do contrato, após dois meses em vigor, e a proibição de qualquer pagamento à empresa, devido a irregularidades.

A decisão do MP partiu de uma ação popular, movida pelo advogado Adauto Reggiani, apontando “vício no ato administrativo em virtude do direcionamento da licitação” e colocando a agora nova secretária adjunta de Comunicação de Osasco no olho desse furacão. De acordo com a ação, Renata virou a única proprietária da empresa logo após a publicação do edital de abertura da concorrência. Antes disso, era funcionária de um grupo de comunicação conhecido por dominar os contratos públicos de publicidade do município. Para completar, antes de participar dessa licitação, a empresa nunca havia prestado serviços de publicidade. Seu cadastro era de produção de banners. A Rango, de Renata, foi acusada ainda de apresentar certificados irregulares para atender os requisitos do edital.

Em seu site oficial, a empresa continua indicando a Prefeitura de São Caetano entre seus clientes. No anúncio do novo secretariado, o prefeito Rogério Lins anunciou Renata dizendo que a prefeitura havia buscado a profissional “no mercado”, mas sem dar detalhes. Já a nova secretária adjunta afirmou que considera a comunicação um setor “essencial” para a administração pública. Como titular da pasta foi nomeado Franz Felipe, do Departamento Central de Licitação e Compras (DCLC) que passa a responder cumulativamente. A Prefeitura de Osasco deve publicar em breve edital para contratação de agência de publicidade.

Na foto: Gerson Pessoa, Renata Poletti de Sousa, Elsa Oliveira, Prefeito Rogério Lins e Aline Lins.
Na foto: Gerson Pessoa, Renata Poletti de Sousa, Elsa Oliveira, Prefeito Rogério Lins e Aline Lins.
big banner