• Hoje é: sábado, dezembro 16, 2017

Polícia resgata 135 cães vítimas de maus tratos em Osasco

Foto: reprodução do Instagram de Luisa Mell
portalregiaooeste
setembro30/ 2017

Denúncia foi feita à polícia pela apresentadora e ativista Luisa Mell, que acolheu os animais em sua ONG. Eles eram espancados e viviam confinados em uma casa no Jardim Adalgisa

Cercados de urina e fezes, amontados em cômodos e vítimas de espancamento. Assim viviam 135 cães em uma única casa, no Jardim Adalgisa, em Osasco. Eles foram resgatados, na manhã de sexta-feira, durante a Operação Canina, realizada pela Delegacia do Meio Ambiente a partir de denúncia apresentada pela apresentadora e ativista Luisa Mell. Uma mulher, de 70 anos, foi detida sob acusação de maus tratos. Ele foi levada à delegacia, prestou depoimento e foi liberada. No local também foram encontrados 9 cães mortos. A ONG mantida pela apresentadora recebeu vídeos da suspeita batendo nos animais e apresentou à polícia. Ela também acolheu os 135 cães, que serão tratados e destinados à adoção. Luisa postou vídeos e fotos sobre o resgate em sua página nas redes sociais. “Gente, assisti hoje um filme de terror. Tô em choque até agora! 135 cães das raças lhasa apso, yorkshire e outras, sendo torturados em um canil certificado! Todos explorados até a morte para reprodução e venda dos filhotes. Com o apoio da polícia, invadimos o local e resgatamos todos”, relatou. Ela também pediu doações. “135 animais de uma vez que foram para o Instituto Luisa Mell e para variar, estamos sozinhos! Preciso MUITO da ajuda de vocês. Eles estão em péssimo estado, todos precisam de tratamentos, vacinas, alguns de cirurgia. Só temos vocês. Nos ajudem, eu imploro”, completou. As informações sobre como ajudar estão na mesma página, no Facebook.

big banner