• Hoje é: segunda-feira, outubro 23, 2017

Passe livre para professores depende da sanção de Lins para entrar em vigor

ImGrid
portalregiaooeste
outubro04/ 2017

Está nas mãos do prefeito Rogério Lins a concessão de gratuidade, no transporte municipal, aos professores de Osasco. O projeto de lei Projeto de Lei nº 19/2017, que institui o passe livre à categoria, foi aprovado pelos vereadores e enviado à sanção do prefeito. De acordo com a proposta, para ter direito ao benefício, o professor deve apresentar, ao embarcar no ônibus, identidade profissional ou demonstrativo de pagamento do mês em curso ou do mês anterior. “Sabemos que é uma classe cujo salário está em defasagem. Essa lei será de muita utilidade para esses profissionais tão importantes para a nossa cidade”, afirma o vereador Batista Comunidade, autor do projeto. Essa é a segunda vez que a proposta é analisada na Câmara de Osasco. Um primeiro projeto foi apresentado pelo atual prefeito Rogério Lins, quando era vereador e, à época, vetado pelo então prefeito Emidio de Souza.

big banner