• Hoje é: quarta-feira, maio 23, 2018

O senador Aécio Neves vira réu por corrupção e obstrução de Justiça

Aécio Neses
portalregiaooeste
abril17/ 2018

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira, 17, pelo recebimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pelos crimes de corrupção e obstrução de Justiça. Com a decisão, o senador passa a condição de réu no processo pela primeira vez.

A decisão foi tomada com base no voto do ministro Marco Aurélio, relator do caso. Para o ministro, o fato de o senador ter sido gravado por Joesley e citar que tentaria influir na nomeação de delegados da Polícia Federal mostra indício dos crimes que teriam sido praticados por ele.

Aécio foi acusado em junho do ano passado de pedir propina de R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, dono da J&F, em troca de favores políticos; e também de tentar atrapalhar o andamento da Operação Lava Jato. Uma conversa entre os dois foi gravada pelo empresário.

Também foram denunciados pela PGR a irmã dele, Andréa Neves da Cunha, o primo Frederico Pacheco de Medeiros e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrela (MDB-MG), todos por corrupção. A primeira teria pedido o dinheiro a Joesley e os outros dois teriam recebido e guardado quatro parcelas de R$ 500 mil em espécie.

Informações da Agência Brasil.

big banner