• Hoje é: terça-feira, novembro 24, 2020

Na TV, Cida Cunha propõe a construção do Instituto da Mulher em Osasco

Cida e Nilsom Martins
portalregiaooeste
outubro22/ 2020

Fala_Verdade

Candidata a vereadora pelo PT, em Osasco, Cida Cunha iniciou nesta quarta-feira, 21 de outubro, sua agenda de campanha na sede da TV Osasco, onde participou do programa ‘Fala a Verdade’, do jornalista Nilson Martins.

Durante a entrevista, transmitida ao vivo na TV e redes sociais da emissora, Cida teve a oportunidade de falar sobre sua trajetória profissional, além de ter destacado algumas de suas principais propostas para melhorar a cidade de Osasco.

A candidata abordou a importância da representatividade feminina na política e da necessidade de eleger mulheres para a Câmara Municipal de Osasco. Destacou a relevância do olhar feminino em questões sociais e na implementação de ações para promover a igualdade de direitos entre homens e mulheres, em especial no mercado de trabalho, além de ressaltar outras demandas nas áreas de saúde e educação.

“As mães têm a preocupação sobre onde vão deixar os filhos para trabalhar e sustentar a família. Nós, mulheres na política, temos que ter um olhar muito particular para tudo isso”, declarou Cida. 

Ela destacou ainda a urgência de ações pela saúde da mulher. “Em Osasco falta um Instituto da Mulher, nos moldes do hospital Pérola Byington, visto que a maior parcela da população é composta por mulheres. Isso, além de ser muito importante, é urgente para nossa cidade, porque se a mulher não tiver saúde ela não consegue trabalhar para sustentar a casa”, completou a candidata.

Cida também defendeu a importância de aumentar as vagas nas escolas de Educação Infantil e nas creches, em tempo integral, para que as mães possam trabalhar sabendo que seus filhos estão seguros e bem cuidados. 

Questionada sobre a razão de ter aceito o desafio de disputar uma vaga no legislativo osasquense, declarou que a decisão aconteceu a partir de um conjunto de ações. “Pessoas amigas vinham me incentivando e como eu ando muito pela cidade, tenho visto que Osasco precisa mudar, principalmente no que se refere à carência de programas voltados à mulher. Isso me deu vontade de trabalhar em defesa das pessoas e pela cidade.”

Durante a entrevista, Cida destacou ainda outras questões que a levaram a disputar uma vaga na Câmara, como a geração de emprego e renda para a população, em especial as mulheres, o apoio às cooperativas de reciclagem, a criação de um centro de referência para o idoso e programas de incentivo para a juventude, além de um olhar para os cuidados na área de saúde mental.

Ela também lembrou a urgência na criação de novos parques municipais, em especial nas regiões mais periféricas da cidade. “Faltam áreas de lazer para a população. Quem sabe, criando essas áreas, estaremos reduzindo a procura por atendimentos na área da saúde, inclusive na saúde mental”, concluiu Cida Cunha.

Confira a íntegra da entrevista!

 

big banner