• Hoje é: quarta-feira, junho 20, 2018

Ministério Público “caça fantasmas” na Prefeitura de Osasco

Rogerio Posse 04
portalregiaooeste
fevereiro10/ 2018

Cumprindo mandados de busca e apreensão integrantes do Ministério Público (MP) fizeram uma varredura, na manhã desta sexta-feira, 9/2, na sede da Secretaria de Segurança e Controle Urbano de Osasco (Secontru). Após denúncias, a pasta do governo do prefeito Rogério Lins (Podemos), passou a ser investigada por possível contratação de funcionários fantasmas.

Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Osasco, e também tiveram como alvos, a sede da Guarda Civil Municipal, Departamento de Segurança Pública de Osasco e na Corregedoria da Guarda Civil. Durante a ação, foram recolhidos documentos que serão analisados pelo Ministério Público.

Em nota, o MP informou que “não há qualquer Guarda Civil investigado, mas apenas pessoas fora do quadro da Guarda Municipal que teriam sido nomeadas para referidos cargos”.

Vale frisar, que o Prefeito de Osasco, Rogério Lins, foi alvo da Operação “Caça Fantasmas”, realizada pelo MP, em 2016. Ele foi acusado de contratar funcionários fantasmas no período em que foi vereador de Osasco. Em 25 de dezembro, Lins se entregou à Polícia e ficou detido no presídio do Tremembé. Ele foi liberado, poucos dias depois, após o desembargador, Fábio Gouvêa, conceder liberdade mediante pagamento de fiança no valor de R$ 300 mil.

big banner