• Hoje é: segunda-feira, outubro 23, 2017

Mazé se filia ao PMB com a missão de criar diretório em Osasco

  • 8668
  • 8668
  • 8668
  • 8668
  • 8668
  • 8668
portalregiaooeste
junho08/ 2017

Segundo ela, expectativa é de que esteja tudo regularizado até as próximas eleições. A ex-vereadora e ex-secretária de Educação professora Mazé Favarão assumiu a presidência do Partido da Mulher Brasileira-Osasco.

Sua principal missão será transformá-lo em diretório já para as próximas eleições. O ato de filiação aconteceu durante solenidade na Câmara de Osasco, na quarta, 31 de junho, e contou com as presenças do presidente estadual da sigla, Jaime Fusco, e do secretário de Governo de Osasco, Gelso de Lima, dentre outras autoridades regionais.

Há mais de 40 anos atuando na política e nos movimentos sindicais, Mazé afirmou que traz, para a nova legenda, a experiência acumulada nessa trajetória. “Desde que me conheço por gente, busco reagir às injustiças. Tive o privilégio de dirigir por mais de 7 anos a secretaria de Educação de Osasco. Foi bom fazer o que era importante para nossas crianças. Por elas e para elas”, destacou.

Ela analisou ainda a atual crise política que atinge o País e ressaltou que ajudar a construir o PMB será uma de suas tarefas na luta pela reforma política. “Continuo me indignando contra o golpismo. Contra o estado de exceção. Contra essa coisa cavilosa que é o nosso sistema político. Não estou sozinha. Muitos companheiros que estão comigo há anos vão me ajudar a construir o diretório. Queremos voto, formação e participação, tudo aquilo que faz um partido. O PMB nos dá essa oportunidade do agrupar, do debater, do entender, do intervir e do construir. É isso que queremos fazer. Sei que não será fácil ainda mais nos dias atuais que falar de política parece um pecado capital. Mas acredito que temos condições de nas próximas eleições já termos um diretório”, destacou.

Ela destacou também que o que não vai faltar, em seu trabalho, é luta. “Tive um mandato como vereadora voltado para as lutas. Uma luta que não é feita sozinha é construída e ampliada pela inclusão dos demais”, afirmou.

Ainda no evento, Gelso sinalizou que quer o PMB na base do governo do prefeito Rogério Lins. “Vocês vão construir um partido que dará orgulho a todos. Podem contar comigo e com o prefeito Rogério Lins”, reforçou.

Já Fusco ressaltou que o PMB está na linha de frente na luta pelo afastamento do presidente Michel Temer. “Fora Temer é o que defendemos, pois não queremos a continuidade dessa política. E exercemos um papel crucial neste momento que é o de firmar o ser humano. Somos o partido que mais elegeu mulheres, com recorde histórico. Buscamos nossos semelhantes, aqueles que pensam como nós para desenvolver um trabalho para pessoas e não para o poder. Meu sonho é lançar em SP uma candidatura majoritária pois essas pessoas que estão aí não nos representam”, finalizou.

big banner