• Hoje é: segunda-feira, outubro 23, 2017

Lins vai passar mais quatro unidades de saúde para gestão de Organizações Sociais

Osasco-UPA-foto-divulga----o
portalregiaooeste
outubro03/ 2017

Licitações envolvem as UPAs do Conceição e da Vila Menk e os pronto-socorros do Helena Maria e do Santo Antônio

A Prefeitura de Osasco vai ampliar o sistema de gestão de unidades de saúde, da rede municipal, por Organizações Sociais (OS). Dando continuidade a projeto iniciado na gestão anterior, com o Hospital Municipal Antônio Giglio e a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Centro, ele vai adotar o modelo para mais quatro unidades de saúde: as UPAs da Vila Menk e do Jardim Conceição e os Pronto Socorros do Santo Antônio e do Helena Maria.

A informação foi dada pelo prefeito Rogério Lins durante apresentação de balanço de 45 dias de gestão do Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV) no Hospital Municipal Antônio Giglio. Ela substitui a Fundação ABC, que venceu licitação para esse serviço na gestão Lapas, mas não teve o contrato renovado por Lins. Segundo o prefeito, as quatro unidades vão ampliar o número de atendimentos, ajudando a desafogar o próprio hospital municipal.

big banner