• Hoje é: sexta-feira, novembro 24, 2017

Justiça suspende concurso da Câmara e inscritos ficam no prejuízo

concurso em Itapevi
portalregiaooeste
agosto09/ 2016

O concurso da Câmara Municipal de Osasco, realizado no último domingo (7), teve provas para 12 de seus 27 cargos suspensas pela justiça. A liminar atendeu pedido da Promotoria Pública e foi divulgada na noite de sexta-feira (5). Mas foi somente no sábado, e ainda no final da tarde, que o Legislativo osasquense e o Instituto Mais, empresa responsável pela realização do certame, confirmaram oficialmente a suspensão parcial.

Não bastasse essa demora, até agora os inscritos nesses 12 cargos não foram informados de como fica sua situação. Com isso, estão no prejuízo, já que pagaram taxas de inscrição que variaram entre R$39 e R$74. E o pior: alguns se candidataram a dois cargos, com dois pagamentos.

Os cargos que tiveram o concurso cancelado foram os de advogado, analista de sistema e suporte, assessor de comunicação social, jornalista, manobrista, oficial de copa e cozinha, oficial de manutenção, operador de microcomputador, operador de som, procurador legislativo, programador de computador e telefonista.

Na decisão, a Justiça apontou violação dos princípios da isonomia; isonomia e razoabilidade e economicidade, publicidade, razoabilidade e moralidade no certame. Já ação civil pública apontou problemas que variaram entre exigência de experiência prévia para funções que não “são claramente passíveis dessa necessidade” e ainda questionamentos sobre o número de vagas para alguns cargos.

big banner