• Hoje é: segunda-feira, novembro 20, 2017

Isso é Osasco: dois prefeitos, um monumento pela metade e um calote de R$200 mil

Lapas vs Lins
portalregiaooeste
novembro07/ 2017

Quem passa em frente à Prefeitura de Osasco vê, no bulevar que divide as avenidas Bussocaba e Aurora Soares Barbosa, uma estrutura em concreto, semelhante a uma pista inacabada de skate. Ela foi instalada em 2016 e, até agora, pouca gente sabe o porquê daquele elefante branco. Mas a história foi revelada pelo blog Mural da Folha, do portal do jornal Folha de São Paulo.

O que começou ainda na gestão do ex-prefeito Jorge Lapas, com uma tentativa de homenagem ao engenheiro Dimitri Sensaud de Lavaud, inventor que montou um aeroplano e, em 1910, fez em Osasco o primeiro voo da América Latina, descendo pelo terreno onde hoje fica a avenida João Batista, transformou-se em uma obra inacabada, que se arrasta pelo governo do prefeito Rogério Lins e envolve um calote de R$200 mil.

Segundo o blog, a estrutura de concreto é, na verdade, uma rampa, sobre a qual deveria estar uma réplica do aeroplano São Paulo, com o qual Dimitri protagonizou a façanha. Encomendada em 2015, a peça está pronta em um ateliê no Jabaquara, na zona sul de São Paulo. Mas ninguém foi buscar o monumento. “A gente não tem mais expectativa de ganho”, disse, ao blog, a produtora cultural Giselle Chantre, que trabalha com o artista plástico Juvenal Irene, autor da peça, no ateliê Cenarivm. Ela conta que o projeto foi contratado por R$ 400 mil e que apenas R$ 200 mil foram recebidos, pela iniciativa privada. A outra parte seria paga depois, mas não houve respostas desde o ano passado. Seriam necessários ainda R$40 mil para levar a peça, que tem 18 metros de asa e cerca de 16 metros do bico à cauda, até a cidade. “Queremos doá-la, só é preciso que paguem o transporte”, acrescentou. A previsão era que fosse inaugurado em outubro de 2016, época em que a pista foi entregue. Mas Lapas entregou a pista vazia e não respondeu mais ao ateliê, segundo Giselle. Desde o começo do ano, ele teve contato com o prefeito Rogério Lins ,mas também sem resposta. Procurada, a prefeitura não respondeu ao blog sobre a situação da obra nem deu uma previsão de sua conclusão.

big banner