• Hoje é: quinta-feira, janeiro 23, 2020

Guarda fecha depósitos irregulares que abasteciam dogueiros com alimentos vencidos

Foto Facebook da PMO
portalregiaooeste
outubro23/ 2018

A Guarda Civil Municipal flagrou na tarde de terça, dia 15, após denúncias recebidas pela Central 156, irregularidades em dois depósitos utilizados por vendedores de cachorro quente em Osasco. De acordo com reportagem do Diário da Região, no local, foram encontrados paredes emboloradas, chão sujo, cheiro de fezes e urina e animais circulando livremente. Os locais eram utilizados por vendedores de cachorro quente de Osasco, para o armazenamento de produtos usados na fabricação dos lanches.

Também foram encontrados pães, salsichas, purê e verduras espalhados pelo chão, mesas e fora da geladeira; muitos produtos também estavam com data de validade vencida. A reportagem também destacou que, além de dogueiros, o local também era usado por vencedores ambulantes de outros alimentos, como yakissoba, que deixam também seus carrinhos no local durante a noite, pagando um “aluguel”.

Um dos imóveis fica na rua Arthur de Vasconcelos e o outro, na avenida Maria Campos. Esse segundo já havia sido interditado, em abril deste ano, pelo mesmo motivo.

Por coincidência a ação ocorreu uma semana depois do vereador Tinha di Ferreira (PTB) denunciar, sem citar nomes, um secretário municipal em plenário, que seria dono de boates na cidade e que também estaria extorquindo marreteiros e donos de carrinhos de cachorro quente na cidade. “Agora que passaram as eleições, tem um secretário que está ameaçando despedir minha esposa. Pode mandar embora, ela é profissional e efetiva. Mas digo uma coisa, se mandar ela embora, eu fecho seus puteiros na cidade. O senhor para, seu secretário, de pegar dinheiro dos donos de bares de Presidente Altino, R$ 2 mil por mês, o senhor para de cobrar R$ 50 por semana das barraquinhas de cachorro quente, porque hoje os cachorros quentes vai virar tudo vegano porque aqueles coitados já não tem dinheiro nem pra comprar salsicha. Faça a segurança da cidade seu secretário mas não me toma mais dinheiro dos marreteiros”.

big banner