• Hoje é: quinta-feira, agosto 18, 2022

‘Escritoras na Boca de Cena’ homenageia Sylvia Plath e Marguerite Duras

Pulso_-_Betania_Dutra_e_Cezar_Siqueira
portalregiaooeste
maio30/ 2016

O projeto “Escritoras na Boca de Cena” apresenta dois solos do recém-criado Vulcão [Criação e Pesquisa Cênica]: “Pulso”, sobre a vida e a obra da norte-americana Sylvia Plath (1932-1963), e “A Dor”, sobre a vietnamita Marguerite Duras (1914-1996). As peças ficam em cartaz no Sesc Consolação, entre 30 de maio e 28 de junho, com ingressos vendidos por até R$ 20 e sessões às 20h das segundas.

Com direção de Vanessa Bruno, os monólogos partem das vidas e das obras dessas escritoras, conhecidas por tratar de temas femininos, para discutir as vicissitudes de qualquer ser humano. Em tom confessional, assim como a poesia de Sylvia Plath, “Pulso” é uma revelação de memórias e devaneios, feita no último dia de vida da poetisa, que se suicidou. Ela tomou narcóticos, enrolou uma toalha na cabeça, colocou-a no forno e ligou o gás. Antes disso, teve o cuidado de trancar os filhos no quarto, abrir a janela e vedar a porta com tecido molhado.

O texto foi criado a partir das biografias “A Mulher Calada”, de Janet Malcolm; “Ísis Americana – A Vida e a Arte de Sylvia Path”, de Carl Rollyson; e “Os Diários de Sylvia Plath”, organizado por Karen V. Kukil, além dos poemas do livro “Ariel”, da própria homenageada. A autora é interpretada por Elisa Volpatto.

Duras
Os diários de Marguerite Duras, reunidos no livro “La Douleur”, são o ponto de partida da peça “A Dor”, estrelada por Rita Grillo. O monólogo narra a espera da autora por seu marido, Robert Antelme, com quem se envolveu na luta de resistência ao nazismo durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi preso em um campo de concentração em 1944.

Com a chegada dos aliados, Duras espera ansiosamente o retorno de seu amado, sem saber se ele teria sobrevivido. A peça se passa no apartamento dela, enquanto ela se lembra dos episódios que estampam as páginas desse diário.

Via Catraca Livre

Tags:,
big banner