• Hoje é: sábado, abril 20, 2019

Epidemia de zika é resultado de falha no combate ao Aedes Aegypti

Epidemia de dengue
portalregiaooeste
maio24/ 2016

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a epidemia do vírus da zika é consequência de uma enorme falha das políticas de controle do mosquito Aedes aegypti. Falando na Assembleia Anual de Saúde Mundial, a diretoria da entidade, Margaret Chan, afirmou que especialistas “deixaram a peteca cair” nos anos 1970 no controle do inseto que carrega os vírus da dengue, da chikungunya e da zika. Com isso, hoje mais de 60 países e territórios já registram transmissão contínua do vírus.

O vírus foi relacionado às sérias más-formações em bebês durante a gravidez e foi declarado emergência de saúde pública global. De acordo com Chan, epidemias que se convertem em emergências sempre revelam fraquezas específicas nos países afetados e evidenciam os limites da nossa preparação coletiva.

A diretora afirmou ainda que América Latina e Caribe, regiões atingidas de maneira mais grave pela zika, têm a maior proporção de gestações indesejadas no mundo. “Sem vacinas e sem testes diagnósticos amplamente disponíveis, o único que podemos oferecer para proteger mulheres em idade fértil são recomendações. Evitem mordidas do mosquito. Adiem a gravidez. Não viajem para áreas com transmissão corrente”, afirmou.

big banner