• Hoje é: sexta-feira, novembro 24, 2017

Em sessão marcada por “chuva de pizza”, vereadores mantém mandato de Gê

Prefeito Gê de Jandira
portalregiaooeste
julho01/ 2016

Com 9 votos favoráveis e 4 contrários, a Câmara Municipal de Jandira decidiu que o prefeito Geraldo Teotônio, o Gê, segue no cargo. Ele foi alvo, durante 50 dias, das investigações de uma Comissão Processante, que investigava crime de responsabilidade fiscal, por omissão, em irregularidades envolvendo o Instituto Iages, contratado pela administração municipal para administrar o hospital municipal.

O trabalho resultou em um parecer, elaborado pela comissão, pedindo o afastamento de Gê, que foi votado na tarde desta quinta-feira. A sessão foi tumultuada e, ao final da votação, um grupo que defendia a cassação de Gê jogou embalagens de pizza no plenário da Câmara em protesto contra o resultado.

Gê não compareceu à sessão. Mas sua defesa alegou que não houve crime de responsabilidade fiscal porque não foi usado dinheiro público no pagamento do Instituto. Apesar disso, as irregularidades cometidas por parte da entidade foram reconhecidas. A principal acusação é de indícios de que o dinheiro recebido para gerir a unidade de saúde teria sido usado para despesas pessoais de diretores da empresa.

Também esta semana, o prefeito Gê assinou, junto ao governo do Estado, um convênio, no valor de R$900 mil, para elaboração do projeto de construção de um novo hospital da cidade. O atual enfrenta uma série de problemas e já registrou, inclusive, greve de funcionários por falta de pagamento.

big banner