• Hoje é: terça-feira, outubro 23, 2018

Depois de briga, Gaspar pode desistir da candidatura

dr gaspar
portalregiaooeste
agosto22/ 2018

A campanha mal começou e já temos a primeira baixa. O ex-vereador, José Gaspar, candidato exclusivo do PDT, homem de confiança e indicação de Jorge Lapas (PDT), presidente da sigla, rompeu com a Executiva do Partido. No calor da discussão, Gaspar prometeu abandonar o partido e desistir da candidatura. Até o início da tarde de quarta, 22, não havia nenhuma definição sobre o caso.

O racha teria acontecido porque Gaspar participou de evento e prometeu dobrada com o candidato a estadual, Gelso Lima do Podemos, principal adversário político de Lapas. Desde a eleição do prefeito Rogério Lins (Podemos), o PDT se colocou como principal partido de oposição ao governo.

Como se não bastasse, a filha de Gaspar, a ex-vereadora Karen Gaspar, tem sido vista com bastante frequência em eventos e no comitê de Gelso, fontes asseguram que ela integra a equipe de campanha.

Karen Gaspar (PTdoB) escapou da prisão, no ano passado e está de olho em uma vaga na Câmara, já que não conseguiu a reeleição, entrou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra Tinha di Ferreira (PTB). A ex-vereadora é primeira suplente de Tinha e o acusa de ter praticado os crimes de boca de urna e caixa 2 durante a eleição municipal de 2016.

Mas como a política é uma caixinha de surpresa, depois de anunciar a candidatura a deputado federal, o vereador Tinha ganhou a torcida de Karen, já que como primeira suplente, se o petebista for eleito, ela poderia desistir da disputa na justiça e herdaria a cadeira.

big banner