• Hoje é: sexta-feira, novembro 24, 2017

Defesa de Lula afirma que condenação “envergonhou” o Brasil

Zanin
portalregiaooeste
julho13/ 2017

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro “envergonhou o Brasil”. É o que afirmam, em comunicado enviado à imprensa internacional, seus advogados do petista. Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira ressaltam que Lula é inocente e está sendo alvo de uma investigação com “motivações políticas”. Ainda de acordo com a defesa, nenhuma evidência da culpa do ex-presidente foi produzida e provas contundentes de sua inocência foram ignoradas “de forma descarada”.

Em outros trechos da nota, os advogados afirmam que vão “provar a inocência de Lula em todas as cortes imparciais, incluindo as Nações Unidas”, e que sua condenação a nove anos e meio de prisão ataca “as leis brasileiras, a democracia e os direitos humanos básicos” do ex-presidente. Além disso, eles defendem que o juiz Sérgio Moro, responsável pela sentença, deveria se afastar de todas as suas funções. “O juiz Moro deixou seu viés e motivação política clara do começo ao fim do processo. Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar provas contundentes da inocência (de Lula) e sucumbir ao viés político, enquanto passa por cima de direitos humanos básicos e do devido processo legal”, reforçam.

big banner