• Hoje é: terça-feira, janeiro 28, 2020

Cunha diz que Moro não tem competência para prendê-lo

Não ao recurso de cassação de Cunha
portalregiaooeste
outubro19/ 2016

Por Brasil 247 – Em nota, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) diz que a decisão de mandar prendê-lo é “absurda” e “sem motivação”; “A referida ação cautelar do Supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes a outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar”, diz o texto; “Meus advogados tomarão as medidas cabíveis para enfrentar essa absurda decisão”, acrescenta Cunha
Moro prende Cunha

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, determinou a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ); o despacho que autorizou a prisão é de terça-feira; Cunha foi preso hoje em Brasília e a previsão é que chegue no final da tarde a Curitiba; ele foi o responsável pelo golpe parlamentar de 2016 e pretendia escrever um livro contando os bastidores do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, revelando, inclusive, a participação de Michel Temer na trama; Cunha foi investigado por receber propinas de negócios da Petrobras na África e segundo um dos delatores, ele financiava mais de uma centena de deputados.

De acordo com o Ministério Público Federal, Cunha representava risco à instrução do processo e à ordem pública se estivesse em liberdade. Os procuradores argumentaram ainda que “há possibilidade concreta de fuga em virtude da disponibilidade de recursos ocultos no exterior” e da dupla nacionalidade, uma vez que Cunha tem passaporte italiano.Corre em Brasília os rumores de que ele pode fechar acordo de delação premiada com o Ministério Público, o que abalaria o Congresso.

big banner