• Hoje é: segunda-feira, junho 24, 2019

Com baixa produtividade legislativa, vereadores tentam limpar a pauta antes do recesso

camara
portalregiaooeste
dezembro13/ 2018

Na reta final de um ano legislativo que apresentou pouca produtividade, com sessões encerradas antes do tempo por causa de quórum e um excesso de moções e homenagens, os vereadores de Osasco correm contra o tempo para tentar limpar a pauta e levam para discussão da Câmara projetos que vão desde temas como folga remunerada no dia do aniversário de servidores públicos, criação da certificação do Zelador do Bairro, isenção de IPTU para templos religiosos até fraldas gratuitas para pessoas com mais de 60 anos.

Em segunda discussão, consta na pauta, o projeto de Alex da Academia (PDT) sobre a concessão de isenção do IPTU (Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana) aos imóveis de templos religiosos; as propostas de Pelé da Cândida (PSC) que proíbe o uso de sacolas e canudos plásticos e propõe sua substituição por produtos biodegradáveis e a matéria sobre a obrigatoriedade de espaços pets dentro de espaços públicos municipais; e do vereador Daniel Matias que cria o selo “Amigo do Banco de Alimentos”.

Em primeira discussão, os parlamentares contam com 43 propostas para serem apreciadas, entre elas a proposta Josias da Juco (PSD) sobre a padronização dos modelos e cores dos uniformes da rede de ensino escolar da cidade; de Alex da Academia, o Dia da Telefonista; passando pelo pacotão de 35 projetos do vereador Tinha di Ferreira (PTB), entre os projetos, a liberação da entrada de animais nos hospitais para visitas a pacientes, folga remunerada para servidores aniversariantes, a proibição de homenagens a pessoas que tenham sido condenadas por atos de improbidade e corrupção no município e a instituição de distribuição gratuita de fraldas descartáveis para idosos com idade acima de 60 anos e crianças até dois anos nas UBS da rede municipal de saúde, além da criação da Certificação Zelador do Bairro.

big banner