• Hoje é: terça-feira, novembro 24, 2020

Cida Cunha realiza live com Suplicy e Emidio sobre o programa Renda Mínima Cidadã

live-cida-suplicy-emidio
portalregiaooeste
novembro04/ 2020

A candidata a vereadora pelo PT em Osasco, Cida Cunha, começou a semana com uma live muito especial em que discutiu a importância do programa Renda Mínima Cidadã para a cidade com os companheiros de partido Eduardo Suplicy, vereador candidato à reeleição em São Paulo e Emidio de Souza, candidato a prefeito em Osasco.    

Durante a live, Cida destacou a questão do desemprego, agravada em meio à pandemia do novo coronavírus. “O efeito pandemia deste ano já fez muitos desempregados. Para o próximo ano vamos esperar muito mais desemprego. Hoje o desemprego bate na casa de 14,5%, e a gente percebe que a população mais pobre vai sofrer ainda mais. Essa parcela da população está sob o efeito do auxílio-emergencial, que vai até o mês de dezembro. Então quero colocar o que a gente pode esperar para o próximo ano e como vamos lidar com esse alto índice de desempregados, em uma cidade que teve o programa de Renda Mínima e que agora não existe mais. Mas, isso é urgente para o próximo ano”, destacou a candidata.

Mediadora da live, a ex-secretária de Emprego de Osasco, Dulce Helena Cazzuni, lembrou que em sua gestão, Emidio implantou um pacote de programas de transferência de renda para a população da cidade. “Entre eles, o Renda Mínima, além do programa Começar de Novo, voltado para as mulheres desempregadas, com mais de 40 anos de idade e o Bolsa Trabalho, para jovens de baixa renda. Acreditamos que essas leis serão revisitadas, você sendo reeleito.”  

Em sua fala, Emidio agradeceu Cida Cunha pela promoção do debate com Suplicy sobre um tema de tanta importância como o programa Renda Mínima Cidadã. “Nosso querido Eduardo Suplicy que tem uma história com a questão do Renda Mínima e trouxe esse tema ao Brasil da maneira mais organizada para todo mundo entender o que é Renda Mínima e ele tem sido um batalhador incansável, há 30 anos, para dar forma a esse programa, que se faz mais atual que nunca”.  

Suplicy também agradeceu a oportunidade de dialogar sobre o programa, que vem ganhando destaque em diversos países do mundo. “Idealmente gostaríamos de ver a renda básica de cidadania aplicada em todo o Brasil e para isso se faz necessário que venhamos a convencer o presidente da república e o ministro Paulo Guedes. Eu eu já escrevi pra eles, enviando alguns livros sobre o tema”, disse Suplicy.    

Segundo Suplicy “a vantagem de se pagar universalmente a todos é que eliminamos inteiramente qualquer burocracia envolvida em ter que saber quanto cada um ganha, num mercado formal ou informal. Eliminamos qualquer estigma ou sentimento de vergonha da pessoa que precisar dizer que precisa de um complemento de renda e também eliminamos o chamado fenômeno da dependência que acontece quando se tem um sistema que diz que quem não recebe até certo patamar tem o direito de receber tal complemento”, complementou o vereador.  

Além de destacar algumas de suas propostas e alertar para a urgência da implantação do programa na cidade, Cida falou sobre a atual situação do legislativo osasquense. “Precisamos de mudança, de mais mulheres na Câmara de Vereadores de Osasco e em todas as esferas políticas do País. Se eleita, me resta bater firme nessa proposta para que a cidade implante novamente o Renda Mínima porque nosso povo clama por ajuda. Nossos representantes no legislativo osasquense hoje não representa os interesses da população, que não tem o mínimo na saúde e na educação, e não tem a Renda Mínima, vamos brigar por isso”, concluiu Cida, que agradeceu a participação de todos no debate. 

A live foi transmitida na tarde de segunda-feira, dia 2 de novembro, ao vivo. Quem perdeu, pode conferir o debate no Facebook da Cida Cunha.

big banner