• Hoje é: segunda-feira, novembro 20, 2017

Barueri descarta casos de febre amarela e faz apelo contra morte de macacos

foto vacina 1
portalregiaooeste
outubro31/ 2017

Barueri está fora da área de risco para a febre amarela. O alerta é feito pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Visa), depois que boatos começaram a circular pela cidade. Segundo o órgão, foi descartada a infecção pela doença de macacos encontrados mortos na cidade. “Fizemos necropsia em todos os macacos que recolhemos e não tivemos nenhum caso ainda. Estamos em alerta e monitorando para que não tenhamos nenhuma ocorrência”, alerta Rosana Ambrogini, coordenadora da Vigilância em Saúde.

Macacos também foram encontrados envenenados na cidade. A vigilância faz um apelo para que não haja maus tratos ou mortes dos animais, porque eles não são os transmissores da doença. A identificação do vírus nesses animais é fundamental para as ações de prevenção da febre amarela. Já a transmissão é feita por mosquitos. “É crime qualquer forma de agressão aos macacos. Têm sido encontrados macacos envenenados no município”, alerta a equipe da Visa.

Caso sejam achados macacos mortos ou doentes, é importante entrar em contato com a Visa (4198-5679), a Guarda Civil Ambiental (4199-1400) ou a Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente (4199-1500) o mais rápido possível. Macacos doentes podem apresentar tontura, fraqueza ou falta de apetite, dentre outros sintomas.

Como Barueri está fora da área de risco, o município aplica a vacina apenas em quem vai viajar para áreas de mata ou cidades que tenham registrado casos da doença. Neste caso, é preciso procurar, de segunda a sexta-feira, das 10h às 15h, as seguintes as UBS José Francisco Caiaba (Av. da Aldeia, 230 – Aldeia de Barueri), UBS Maria Francisca de Melo (Estrada dos Pinheiros, 523 – Pq. Viana), UBS Pedro Izzo (Rua Everest, 26 – Jd. Esperança) e a UBS Amaro José de Souza (Rua Petrolina, 178 – Jd. Mutinga).

Já quem vai fazer alguma viagem internacional também pode agendar no SAE – Serviço de Atendimento Especializado – pelo telefone 4198-4120. Em todos os casos, ela precisa ser administrada 10 dias antes da viagem.

big banner